O que é Bilinguismo?

A Educação Bilíngue está para além do ensino de idiomas. Abrange a aprendizagem de conteúdos, focando no desenvolvimento integral do aluno, considerando os aspectos linguísticos, interculturais, as habilidades e competências. As aprendizagens essenciais, definidas para a Educação Básica, são apresentadas no currículo brasileiro e têm os conteúdos ampliados no segundo idioma, através das aulas de Language Arts, Social Studies and STEAM (Science, Technology, Engineering, Arts and Math) desenvolvendo a proficiência na segunda língua  e o conhecimento nas diversas áreas do saber.

Quais os benefícios de aprender uma segunda língua?

Atualmente são muitas as pesquisas que apontam para os diversos benefícios para a criança exposta a uma segunda língua. A Neurociência afirma que tal exposição, em ambientes ricos em estímulos,  amplia a aquisição de conhecimentos, melhora as conexões neurais, estimula o desenvolvimento  das funções executivas, além da aquisição das próprias habilidades linguísticas na criança.

Como funciona na prática?

Desde a Educação Infantil, os nossos alunos desenvolvem a oralidade e compreensão do segundo idioma, enquanto consolidam o processo de alfabetização em Português. Por meio de atividades que incluem Ciências, Artes, Música, Literatura, habilidades motoras e socioemocionais, vivenciam experiências que ampliam a visão de mundo e a percepção de sua própria identidade.

Nos anos seguintes, já no Ensino Fundamental, somam-se às habilidades de  “listening” e “speaking”, que já vinham sendo desenvolvidas, as habilidades de “reading” e “writing” no segundo idioma, através da introdução da leitura e escrita dos diferentes gêneros textuais, abordando temas da Literatura, Ciências, Artes, Atualidades, etc.

Nesse processo de aquisição da segunda língua,  os alunos reconhecem e entendem sua própria cultura ao observar e explorar os aspectos culturais  de determinados grupos sociais, identificando padrões linguísticos  e as especificidades de cada povo, inseridas nas diversas marcas culturais.

Dessa forma, a Educação Bilíngue possibilita que o aluno perceba a si mesmo, em um mundo conectado, como parte integrante de uma cultura, sem se restringir a ela.  O aprendente do século 21, está inserido em diferentes culturas, que se somam e se misturam, permitindo uma compreensão de mundo pela perspectiva do outro, desenvolvendo a empatia, o respeito ao diferente e consequentemente, a possibilidade de se reconhecer nesse mundo plural, como cidadão atuante que contribui para a construção de uma sociedade justa, mais feliz e integrada.

Inserindo um novo idioma

Em nossa escola, o Espanhol  entra como Língua Estrangeira (EFL) a partir do terceiro ano. Os alunos começam por aprender o vocabulário básico, e já fazem uso de expressões para se comunicar. Aprendem também sobre a Cultura dos países e, no quinto ano, produzem, organizam e publicam um livro com textos nos três idiomas.

Texto produzido por Mara Vernieri

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *