A importância dos bons hábitos alimentares

Um dos maiores métodos de aprendizado das crianças é observar e reproduzir. Elas aprendem com o que veem, com o que ouvem e com o que experimentam, sendo reflexo de toda a sociedade em torno delas e do que vivenciam em casa, na escola, nos clubes e na mídia.

Todo o dia a dia da criança e do adolescente é de aprendizagem, pois estão se constituindo como seres que têm opiniões, gostos e características próprias. Toda influência externa ajuda a construir algum conceito, alguma percepção, algum padrão em seu desenvolvimento pessoal.

Sabe-se que a alimentação familiar contribui para a formação dos hábitos alimentares das crianças. Toda influência e estímulo de casa reflete na maneira como a criança escolhe e se posiciona com os alimentos. A própria classificação em bons ou ruins, engordativos ou saudáveis influi na imagem corporal que elas têm de si mesmas.

Com essas informações, provenientes do padrão de beleza que a mídia incentiva e das influências do que vivenciam, as crianças e os adolescentes formam a sua autoimagem e, com influências ruins, tendem a pensar de forma negativa a respeito de seu próprio corpo.

Estudos apontaram que as mensagens em relação ao corpo estão associadas à satisfação corporal, por isso, mensagens negativas como: “Você está gordo (a)!”, “Você ganhou peso!”, “Se comer isso vai engordar!”, “Você precisa emagrecer!” geram na criança e no adolescente uma insatisfação com sua imagem corporal, diminuindo sua autoestima.

Outros estudos indicam a insatisfação com a imagem corporal como um dos fatores de risco para transtornos alimentares. O conjunto de estímulos negativos com relação a padrões pré-estabelecidos não é saudável e torna o julgamento da criança e do adolescente mais exigente consigo mesmo, o que pode gerar atitudes e efeitos nem sempre desejados, como preocupação excessiva com a alimentação, restrições alimentares exageradas e dietas.

Devido ao período de desenvolvimento em que se encontram, é necessário dar atenção especial a esse tipo de comportamento, cuidando para que a criança ou o adolescente se desenvolva de forma saudável e com boas influências que ensinem a eles a se cuidarem com responsabilidade e saúde.

Por: Equipe Sabor de Infância, empresa especializada em nutrição infantil e responsável pela alimentação da Kinder Kampus School

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *